Publicado em Sem categoria

subsolos

subsolos

prelúdio sobre os poemas: sugerimos subsombras e descobertas.

*

( I )

subsobresobrasombras:
escombros sobre minha cabeça
tudo são lembranças
e agora o que sobra são acasos
descasos e caos sobre estas vértebras
restos mortais de pensamentos em eclipse
no descaso,
incrédulo até a medula visceral…

Ângelo Luís 

*

A Descoberta

Eu fui, morena, o teu descobrimento,
A nau que se abraçou em teu mistério,
E nunca mais me sais do pensamento,
Erguida, para mim, como um império.

Bendigo nesse céu que trouxe o vento
O claro olhar que leva à terra à vista,
Beleza que só espalha sentimento,
Que trouxe a mim o dom que me conquista.

E foi porque te achei, à beira-mar
Envolta em tantos sonhos e quimeras
Que logo amei primeiro, ao preamar,

Mulher que nem sabias que tu eras.
Mas foi, antes de tudo, ao te mostrar
Teu coração, guardado de outras eras…

Francisco Settineri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s