Publicado em vai e vem José Lino Grünewald

vai e vem

Image

o extraordinário poema “vai e vem”, 1959 (primeira publicação em NOIGANDRES 5, de 1962), de José Lino Grünewald é, sem nenhuma dúvida, um dos poemas mais espetaculares da primeira fase do concretismo e de toda a poesia brasileira em todos os tempos. vai e vem é um poema que pode ser lido normalmente, de trás  para frente e, também, de cima para baixo e de baixo para cima, em todas as direções… ou seja, um palíndromo perfeito. uma criação monumentalmente criativa, simples, de solução espantosa. José Lino conseguiu reunir em um só poema o exemplo da condensação de Pound. um poema conciso, objetivo e preciso.

*

Ângelo Luís

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s