Publicado em Ângelo Lúis

3 poemas

floresce
o desejo
o toque
sentindo
seu beijo
em toda parte

o mesmo reflexo
ecoa
breve
sem alívio
vivo

seu beijo
sentido
em toda parte
o desejo
o toque
floresce

*

moto-contínuo

tudo pode ser modificado tudo que resta tudo comove
até que tudo esteja sem deixar rastros na mesma ideia
sem interrogação desordena sempre sem arma
ou quase a mesma ideia fixa um tanto vaga de tudo

*

se e somente se

quadrado quase retângulo ousa quadrado
triângulo ou ainda círculo onde esfera
é sonho e distrai sem função com figuras
afinal o tempo agora lança seu engano
e simula exata a imagem sem arestas
de transfiguras em nenhum ou zero
a forma continua a mesma dúvida ao cubo
tanto faz agora ou quem sabe um ponto.

*

Ângelo Luís

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s