BENTO FERRAZ

Sorriso



TRISTEZA CÓSMICAZUL
(Bento Ferraz)

Eu sou galáxia, porém
também movimento das
estrelas dentro do sistema.

Eu sou quasares, eu sou
pulsares artérias do teu corpo,
sangue pelos ares.

Sou Via Láctea numa aquarela,
sou veia entupida
quando dá sequela.

Eu sou galáxia, porém
também movimento das
estrelas dentro da galáxia.

Eu sou neutrino, porém
também o instante
que preceda qualquer Big Bang.

Bóson de Higgs,
útero: acolho. Porém eu sou
a chuva quando ela te molha.

Um asteroide? Só uma trova?
Estampido implausível
duma supernova!

Noite sem Lua, sou céu
aberto: o telescópio Hubble
em pleno deserto.

Sou universo no meu
finito: expando meus
limites por meio de
GRITO.

Eu sou galáxia, porém
também movimento das
estrelas dentro do sistem.

Eu sou quasares, eu sou
pulsares artérias do teu corpo,
sangue pelos ares.

Sou ano-luz, fui eu que pus
o dedo na ferida
quando jorra pus.
*

CONFORME A MÚSICA
(Bento Ferraz)

Eu não danço conforme a música,
eu danço conforme eu danço.

Eu não olho conforme o olho,
eu olho conforme eu olho.

Eu não ando conforme o passo,
eu ando conforme eu ando.

Eu não desço conforme o degrau,
eu desço conforme eu caio.

Eu não faço conforme o fato,
eu faço conforme eu faço.

Não blasfemo conforme a noite vem,
eu sonho conforme sonho.

Não mastigo conforme a comida:
tempero com raticida.

*

BÚSSOLA LOUCA
Para Vilmaria
(Bento Ferraz)

Alma irmã, minh’alma ímã:
eu feito ferro.
Magnetiza o meu fulcro pouco:
bússola louca.

Indica norte, ao mesmo tempo, sul:
voa azul.
O leste passa pelo meu oeste:
rota ignota.

*

LIAME
(Bento Ferraz)

Sim, sinto-me a perder
todo liame com quem eu ame.
Sei, ceifo o dom do bem-querer,
e sem querer sequer eu ouço quem me chame.

Moí, moinho de vento
fez-me alimento que se consome.
Ali, aliciei o paladar
de quem comer a minha carne e o meu nome.

Fim, findou-se em mim
todo o sonho que me proponho.
Assim, assimetria do meu olhar
me fez guiar minha oração para o medonho.

*

À MANEIRA DE MILLÔR
(Bento Ferraz)

Aniversário
é rima pobre
para obituário.

*

A TUA GEOGRAFIA
(Bento Ferraz)

Abraçar-te sim, tão docemente,
com tal força e tal demência:
confessar-me-ás que sentes
toda mi’arte e toda mia ciência.

Navegador, desbravarei sem medo…
E tua geografia está em toda parte !
Não me canso de cantar-te, e cedo
a ti, mio canto e mi’arte.

Em cada ramo de oliveira tento
descobrir teu encanto e, destarte,
afagar teu rosto em suav’enlevo,

e para tanto, conto com mi’arte.
Se o vento sopra sem destino, a esmo…
a tua geografia está em toda parte.

*

CANÇÃO DO UMBIGO
Para Ana Maria
(Bento Ferraz)

Canto
a reentrância que
atou-te ao útero.

Canto
cada dobra do tecido
côncavo.

Canto
a cicatriz que
te trouxe.

*

EM PLENA CAMA
Para Vilmaria
(Bento Ferraz)

Em plena cama pouso
e percebo o bonito:
o seu olhar de gozo
olha o infinito.

Em plena minha cama
aconteceu o belo:
você diz que me ama
a recompor cabelos.

Na minha cama plena
eu espero, pasmo,
que você desfie fios,

ereto, pleno, calmo;
e eu ouço as sirenas
de múltiplos cios.

*

Bento Ferraz nasceu em São Paulo, em 1953. Jornalista formado pela USP, trabalhou em diversos jornais – 23 anos na Folha e no Estadão. Começou na poesia pela música, fazendo letras, em 1968.
Escreveu a biografia “The Beatles – 50 Anos Depois” (DBA), mas gosta mesmo é de Jimi Hendrix e Janis Joplin. Publicou dois livros de poesia, “A Tua Geografia” e “Prece Insana”, e editou quatro CDs, com composições próprias e em parceria.
Influenciado por Platão e Trotsky, tentou ler Heidegger, mas parou na terceira página. Admira Poe e Dalton Trevisan. Como poetas favoritos, cita Camões, Augusto dos Anjos, Drummond, Bandeira, Manoel de Barros e Augusto de Campos.
Na MPB, é fascinado por muita gente, mas destaca Cartola, Noël, Gil, Caetano, Torquato, Chico e Paulinho da Viola. Adepto da iconoclastia e do humor, ama o Barão de Itararé, Stanislaw e Millôr.
Na ciência, o predileto é Lavoisier: o único que aceita seu convênio médico.


*

Ângelo Luís, Francisco Settineri e Bento Ferraz

Anúncios

Um comentário em “BENTO FERRAZ”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s