Publicado em ÂNGELO LUÍS & FRANCISCO SETTINERI

BESTIÁRIO

blakejob_color15
Willian Blake, Behemoth e Leviatã
BESTIÁRIO

ora o barulho de um de todos
a fúria se desfez ruído
por entre o escuro e o desespero
a boca oculta face permanece
fresca entre lágrimas e rimas

pausas e passos além do mais
sublime gesto sem renúncia
mais muda que o desejo
feiúra animalesca decidindo no mato
com seus tambores entre as árvores

futuro dos bichos
e do amanhã
a fratura dos passos
e o enredo das feras
mas este é o mais próximo ataque

e onde estás a presa
e onde não está o que se sabe
os olhos que teimam encontrar a morte
festa e fresta na floresta
faca no silêncio das fúrias

longo silêncio no tambor
diante do ataque que surge mais longe
dança nas taquareiras
o resto é nada
pacto entre vida e morte

o futuro lido nas tripas
abecedário das arestas e sentidos
sem alarde cessa o susto
todo cuidado não é pouco
o espaço é um lapso de tempo

Ângelo Luís e Francisco Settineri

Anúncios

Um comentário em “BESTIÁRIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s