EPIGRAMAS

14232474_688115311335526_6986532297272805111_n.jpgKurt Kranz, “Untitled picture series – Project for an abstract colored film”, 1930

*

Dois fascistas
.
Cabo eleitoral e um bom cachorro,
Rabo abanando o velho Moro.
Puxando bem o saco do vil Doria,
Tucanos apostando na vitória!
.
Francisco Settineri.

*

Oligarca
.
No tempo de FHC
Houve só única aposta
A sua grande decisão
Foi deixar Brasil na bosta
Para a grande multidão
Foi ficarmos à mercê,
Sem remédio, sem resposta
Aos seus famosos clichês
Repetidos qual pavão.
Nos deixar no fuzuê
Foram anos de invenção,
Foi sua última proposta.
.
Francisco Settineri.

*

Cerra
.
No Senado ele se aferra
Desonesto, é sacana.
A riqueza desta terra
Ele quer botar no pau.
É perverso, é do mal,
Está pronto para a guerra.
Quer vender nosso pré-sal
E ainda acha que é bacana!
.
Francisco Settineri.

*

Impostor
.
Malafaia mais que prova
De que é fraco da cabeça.
Pra mentir sempre com pressa,
Sempre vem com a trova nova!
.
Francisco Settineri.

*

Gagá
.
Algo ocorreu com o côco
Retirou o conteúdo,
Do que foi Hélio Bicudo
Não sobrou sequer o troco!
.
Francisco Settineri.

*

A rigor, um ultraje
.
Parecia um cara fino,
Com bons fundos na algibeira.
Não lhe agrada o nordestino,
Os prefere na fogueira!
.
Francisco Settineri.

*

Plin Plin
.
Ou é trouxa ou é bobo,
Mais certo descerebrado.
Tem de ser desmiolado
Pra assistir a Rede Globo!
.
Francisco Settineri.

*

Gulloso
.
Bem melhor ficar calado
Do que ser um cão gulloso
Com o Augusto furioso,
Um chupim desmemoriado.
.
Francisco Settineri.

*

Tucanistão
.
Alckmin perdeu o juízo?
Isso me causa frisson,
Burras cheias de cupom,
Tucanhalha ao paraíso!
.
Francisco Settineri.

*

Martha amiga do Cunha
.
No futuro, uma latrina,
Seu passado já faliu
E já teve o que pediu,
Como disse a Erundina!
.
Francisco Settineri.

*

Sem Fronteiras
.
Tem mais golpes na algibeira
Preparados de antemão.
Seu ministro é o Mendonça.
Vai privar a multidão,
Brasileiros, brasileiras,
A estrela é absconsa!
.
Francisco Settineri.

*

A tocha atrás
.
O Coelho estava brabo,
Foi direto, foi ferino
E mandou o interino
Por seu convite no rabo!
.
Francisco Settineri.

*

Lavadas mãos
.
Não tendo mais dúvidas sobre os fatos
Dormindo a metade do seu tempo,
Falando despautérios a destempo,
Os onze lavam as mãos, como Pilatos.
.
Francisco Settineri.

*

Candidatos
.
Se temos na cultura ator pornô
E outros que envergonham a biografia
Difícil não cair na zombaria,
Não dá pra comparar merda e cocô!

.
Francisco Settineri.

*

República
.
Disseram que o Paraná
Era um exemplo de justiça.
Vão à luta, vão à liça,
Só se esquecem do decoro!!!
.
Francisco Settineri.

*

Bolsos cheios
.
Depois de embolsar um maço
E de ir com sede à bica,
O ilustre Tiririca
Mostrou mesmo que é um palhaço!
.
Francisco Settineri.

*

Temer
.
Dos tucanos, à socapa,
Podes já pedir ajuda.
Mas não escapou ao Papa
Parentesco teu com Judas!
.
Francisco Settineri.

*

Pastor
.
O pastor chamado Malta
Gosta de poupar sua féria
Se não rouba, ele assalta,
Inda faz a cara séria!
.
Francisco Settineri.

*

A volta
.
Lula fez pelo Brasil
Mais que outros presidentes
Mesmo agora que é sombrio,
O atacam, unha e dentes!
.
Francisco Settineri.

*

Por trinta e três dinheiros, Judas vendeu Cristo.
Janaína a República por quarenta e cinco,
Se pensares a questão com muito afinco,
Verás que a inflação tem parte nisto!
.
Francisco Settineri.

*

Marginal
.
O danado deste Cunha
Sempre escapa, sai ileso.
Se ele chega e testemunha,
Tem a todos rabo preso!
.
Francisco Settineri.

*

Maluco
.
Quem pensava que o Lobão
Era sério e um bom moço
Se enganou mais que demais.
O seu côco é um destroço,
Pese tudo o que ele faz,
Mas a merda vale mais!
.
Francisco Settineri.

*

Toma lá, dá cá
.
Um Senado com Romário
Se vendeu desde o começo.
Dependendo do salário,
Todo homem tem seu preço!
.
Francisco Settineri.

*

Gilmar e Temer

Essa dupla em ação
Não é nada novidade.
Conhecidos na cidade,
O vilão e a assombração!
.
Francisco Settineri.

*

Malandreco
.
Um pastor com mil ovelhas
Rouba delas o que pode.
Faz o que lhe dá na telha,
Quem não pode, se sacode!
.
Francisco Settineri.

*

Supremo
.
Infeliz demais, ao extremo
A dormir ali jazia,
Para todos um blasfemo
De ilustre biografia…
.
Francisco Settineri.

*

Frota
.
Ajudando na cultura
quase todo brasileiro
Sabe que entrou na fria
Ai, ai, ai, que vida dura
Temos novo assessor
Que só sabe putaria!!!
.
Francisco Settineri.

*

Juizeco
.
Quem escolhe, por sua conta, o mau caminho,
Mas reúne, co’os diabos, na saleta
Todos sabem, na nação, que é de opereta
E não passa de um reles tucaninho!
.
Francisco Settineri.

*

Interino
.
O Temer com essa carinha
De botox e leite morno
Ele em muito se avizinha
A um belo ladrão corno!
.
Francisco Settineri.

*

A Dama da RBS
.
Ana Amélia, a Meméia
Sempre foi malvada bruxa
Quando puxa da garrucha
o jagunço contratado,
Dá trabalho pro legista.
Confunde público e privado
E ainda diz não ser golpista!
.
Francisco Settineri.

*

Você se pintou
.
A idiota da Marina
quis passar por boa menina
do poder sempre à espreita,
nem esquerda, nem direita!
.
Francisco Settineri.

*

Enfileirando só os grandes, uma milha.
Quantos tucanos pra formar uma quadrilha?
.
Francisco Settineri.

*

O esculápio do Fonoff roubou tanto
que já usou o verde-amarelo como manto!!!

Francisco Settineri.

*

Roda da Fortuna
.
Com o baú ele enricou,
De santo ele não tem nada.
Sua filha é acanalhada,
Não passa de um camelô!

Francisco Settineri.

*

Galvão bobão
.
Cagalhão, não é de nada,
Destilando o seu veneno,
O imbecil do Galvão Bueno
Cão da vênus platinada!!!
.
Francisco Settineri.

*

INveja
.
Se você é um bom coxinha,
Diplomado qual gentinha,
Vá na banca e leia a Veja
Que é do bolo a cereja!!!

Francisco Settineri.

*

Quadrilha
.
Pra pegar bandido assim,
Jucá, Sarney, Renan e Cunha,
O Supremo vai ser materno.
Palmadinhas no bumbum
E uma puxada de orelhas.
Blindados até o fim,
Mais que isso, cara ovelha,
Quando congelar o inferno!

Além de um patrimônio
que é pra lá de polpudo,
o menino se acompanha
de uma puta e de um cornudo…

Francisco Settineri.

*

Dupla de dois
.
Se não Sarney eu roubarei
Eu não sabia o que faço
Eu só se roubarei
Eu não sabia o que faço!

Francisco Settineri

*

Bruno Tolentino
.
Augusto de Campos, um gentleman,
Lhe respondeu com muito tino.
Resumiu seu belo nome
A tolo, doente e cretino!

Francisco Settineri.

*

Biografia
.
Matta da Silva viajada,
Namorou um engenheiro,
Bem na Globo engajada,
Mas não foi pelo dinheiro!
.
Francisco Settineri.

*

Bial, Banal e Boçal
.
BBB é uma bosta,
A vergonha nacional,
Da globosta uma aposta,
A comanda o Bial!
.
Francisco Settineri.

*

Lata de lixo
.
Para eles tanto vale
A esquerda e a direita.
Tudo isso se equivale
Para a turma do PSOL
Em seu voo de urubu
E se acham um escol
Junto com o PSTU.
Nada lutam contra o golpe,
Seu destino é o urinol!
.
Francisco Settineri.

*

Esgrima
.
Saudações a Alejandra
Eminente esgrimista,
Altiva venezuelana,
Não se curvou ao golpista.
Vales mais do que o ouro
Que carregas pra tua pátria!
.
Francisco Settineri.

*

Temerário
.
Os poemas do interino
São cagadas da pesada
De estilo bizantino
Eu prefiro a cunhada!
.
Francisco Settineri.

*

Bandeirante
.
ncora de barco afundado,
Metido a reles moralista,
Mas não passa de sodomista,
Cão servil, degenerado!
.
Francisco Settineri.

*

As duas
.
Não se sabe da mais feia
Se a mocréia do Renan,
Ou a Suzana Vieira.
É de nos deixar tantã,
Antes fossem virar freiras,
Horrorosas cidadãs!!!
.
Francisco Settineri.

*

Simples
.
Lindbergh deu a letra.
Não podia ser mais claro.
Os pobres no desamparo,
Cada vez tem mais penetra…
.
Francisco Settineri.

*

Delação
.
Odebrecht abriu o bico
E canta como um canarinho.
Vamos ver quem paga o mico
Ou se escapam de mansinho…
.
Francisco Settineri.

*

Ana Amélia
.
A malvada da golpista
Do PP a grã-Meméia,
Tenho nojo dessa véia,
Rouba a prazo, rouba à vista!!!
.
Francisco Settineri.
*

O pastor
.
O santinho Feliciano
Sabe onde por a mão.
Buscou a prostituição
E um abuso quotidiano.
.
Francisco Settineri.

*

Delação
.
A Odebrecht e a OAS
Vão falar sem estribeiras.
Contar tudo que o Aécio
Achacou das empreiteiras!
.
Francisco Settineri.

*

Relator
.
O cagão do Anastasia
Inventou novo regime
Grande rei da hipocrisia,
Ele quer julgar sem crime!
.
Francisco Settineri.

*

Sartori
.
Não dá nem mais pra chamar de governo
Onde ganha apenas o mais sagaz
Dos diabos do inferno o capataz
Dos maiores malvados o subalterno!
.
Francisco Settineri.

*

Meus Votos

Foram cinquenta e quatro milhões e meio,
Votos recebidos e desrespeitados…
Mas a canalha é capaz de perder feio
Pelas armas e varões assinalados!

*

Rede Bobo

Quem assiste a Rede Globo
Usa sempre dois neurônios…
Um que liga e desliga
Outro grava os demônios!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s